A Praga das Palmeiras no Algarve

O Rhynchophorus Ferrugineus (escaravelho das palmeiras) é originária das zonas tropicais da Ásia e Oceânia. Propagou-se pela Europa: Espanha (1993), Itália (2004) e Portugal desde 2007 mais concretamente no Algarve, no concelho dew Albufeira, devido ao comércio de palmeiras.

Este infestante ataca principalmente as palmeiras espécie Phoenix ou das Canárias,e mais recentemente tambem a espécie washingtonia provocando estragos importantes que podem levar à morte das palmeiras.

Face à sua rápida propagação a União Europeia, considerou esta praga de luta obrigatória, tendo aprovado medidas de emergência contra Rhynchophorus Ferrugineus.
Desde 2007 que se as palmeiras do Concelho de Albufeira e de todo o barlavento algarvio estão a ser devastadas por este escaravelho. Neste momento já se propagou ao Concelho de Faro, onde as centenárias palmeiras do Jardim Manuel Bivar foram atacadas por este infestante o que levou à sua remoção. O mesmo está a acontecer na Zona do Montenegro, Gambelas, Pontes de Marchil, e em outras zonas do Concelho.

Já foram detectadas palmeiras mortas na zona do barrocal algarvio pertencente ao Concelho de Loulé.

Como este problema está espalhado por todo o Algarve é de todo importante o combate a este infestante através de tratamentos preventivos a fim de tentar controlar esta praga.

Os sintomas mais visíveis são as folhas novas secarem sem razão aparente e o facto de todas as folhas decaírem e a copa ficar espalmada. A morte de planta ocorre quando seca completamente, movendo-se o insecto para outra palmeira.

Desde 2007 que as palmeiras algarvias, e presentemente em todo o pais, estão contaminadas ou já morreram. Para minimizar a propagação do escaravelho para as palmeiras ainda existentes é de todo importante o combate a este infestante, através de tratamentos preventivos, por meio de tratamentos quimicos de Abril a Outubro e de biológicos de Novembro a Março.

Desde Março de 2011 a Pragalgarve, Lda tem vindo a realizar tratamentos curativos e preventivos nas palmeiras existentes no jardim Pescador Olhanense e jardim Patrão Joaquim Lopes pertencentes ao Múnicipio de Olhão, com resultados positivos e visíveis na ordem dos 99%.

A Pralgalgarve, Lda., é uma empresa que se dedica ao controlo deste infestante em todo o Alagarve e Alentejo, e está credenciada pela Direcção Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural para a aplicação de produtos litofarmacêuticos (Dec. Lei nº 187/2006 de 19 de Setembro).

escaravelhos vermelhos